NotíciasAJUFESP

NOTA P√öBLICA: AJUFE E AJUFESP

A Ajufe e AJUFESP v√™m a p√ļblico manifestar sua indigna√ß√£o em face do covarde ataque sofrido pela Ju√≠za Federal Louise Filgueiras, nas depend√™ncias do Tribunal Regional Federal da 3a Regi√£o.

A ousadia e a viol√™ncia do ataque, desferido pelo Procurador da Fazenda Nacional Matheus Carneiro Assunc?a?o, trazem a? tona grandes preocupa√ß√Ķes e quest√Ķes relevantes.

A falta de seguranc?a que acomete o ofi?cio dos Magistrados e? cr√īnica. Na?o se justifica, em nenhuma hip√≥tese, colocar vidas em risco por motivo de restri√ß√Ķes orc?ament√°rias. A seguran√ßa, a ser garantida por profissionais devidamente treinados, √© essencial para o exerc√≠cio do ofi?cio judicante. A Magistratura carece de um m√≠nimo de tranquilidade para trabalhar em paz.

O momento poli?tico em que vivemos, por sua vez, com a interdic?a?o do di√°logo e a polariza√ß√£o ideol√≥gica, contribuem para o acirramento dos √Ęnimos e para o desrespeito crescente √†s institui√ß√Ķes.

O Poder Judici√°rio tem sido objeto de ataques vis, que maculam a sua independ√™ncia e botam em xeque a sua autoridade. Essa quebra de institucionalidade pode causar consequ√™ncias nefastas para toda a sociedade, autorizando manifesta√ß√Ķes de √≥dio que podem resultar em viol√™ncia de toda ordem.

Manifestamos nossa irrestrita solidariedade à colega e pedimos a apuração rigorosa dos fatos. A Magistratura Federal exige respeito e segurança para exercer com a necessária independência o seu mister constitucional.


Clique aqui para acesssar.