NotíciasAJUFESP

GUARULHOS GANHA OBRA DE ARTE INSPIRADA NA PRÁTICA DA CONCILIAÇÃO
Instalada em frente ao Fórum Federal, escultura do artista Gilmar Pinna retrata a deusa grega da Justiça sob o ponto de vista do método alternativo de solução de conflitos

A cidade de Guarulhos recebeu, ontem (24/11), uma escultura de cerca de três metros de altura do escultor Gilmar Pinna, que foi instalada em frente ao Fórum Federal de Guarulhos, na Avenida Salgado Filho, 2.050, Jardim Santa Mena.
A obra chamada “A Justiça na Conciliação” retrata a tradicional divindade de mitologia grega (deusa Têmis) por meio da qual a Justiça é definida, mas sob um olhar mais contemporâneo, inspirado na prática da conciliação. Nesse método alternativo de solução de conflitos, as partes são convidadas a dialogar sobre seus problemas com o auxílio de um conciliador neutro, a fim de encontrar a melhor solução.
A presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), desembargadora federal Cecília Marcondes, comemorou que o trabalho do Programa de Conciliação da Justiça Federal tenha sido coroado com a inauguração da obra durante o seu evento mais importante: a Semana Nacional da Conciliação.
Ela contou que, somente no ano de 2016, foram realizadas na Justiça Federal da 3ª Região, que abrange os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, aproximadamente 14 mil audiências de conciliação, que movimentaram mais de R$ 100 milhões.
“Trata-se de números expressivos e importantes para mostrar a necessidade da solução de conflitos pela conciliação”, destacou.
A desembargadora elogiou Gilmar Pinna e ressaltou que “esse espírito de construção das soluções a partir do diálogo está retratado na obra que inauguramos hoje”.
O juiz federal Paulo Marcos Rodrigues de Almeida, coordenador da Central de Conciliação de Guarulhos, falou da evolução da sociedade e do Judiciário, colocando a conciliação como fundamental para uma “justiça evoluída, moderna, que se preocupa em se aproximar das pessoas e ouvi-las verdadeiramente”.
Ele enalteceu ainda a sensibilidade que os artistas têm “de ouvir o que ainda não foi dito, de enxergar o que ainda não pode ser visto. É ela quem anuncia, por meio das obras de arte, a evolução dos tempos”.
O magistrado agradeceu ainda ao escultor Gilmar Pinna pela doação da obra de arte para a cidade de Guarulhos, recebendo como pagamento apenas “o sorriso das pessoas que entenderem sua mensagem”. Leia aqui a íntegra do discurso.
Gilmar Pinna, que tem diversas obras espalhadas pelo mundo, emocionou-se com a homenagem e disse que é ele quem ganha com a doação: “Para mim, está sendo de uma grandiosidade ter essa sorte que Deus me abençoou de estar podendo não pedir, e sim fazer uma doação, de estar atrelando a minha arte à Justiça Federal”.
Ele elogiou também o trabalho de conciliação e afirmou que os artistas têm a obrigação de carregar essa bandeira. “Eu me sinto honradíssimo e quero agradecer por esse presente que estou ganhando, tanto da cidade de Guarulhos como da Justiça Federal”, declarou.
A desembargadora federal Marisa Santos, coordenadora do Programa de Conciliação da 3ª Região, disse que a conciliação é uma arte. “A espada está no chão e a deusa está se inclinando e oferecendo a balança às partes. Já não há lugar mais neste mundo apenas para decisões impostas pelos juízes, pela espada. Mas o momento é outro. O momento é da conciliação, é da solução pacifica de conflitos, da busca pela igualdade”, ressaltou.
Ela afirmou também que a homenagem que Gilmar Pinna faz “vai muito além desta escultura, deste fórum, desta cidade. É uma homenagem ao estado democrático de direito, à pacificação social”.
O prefeito de Guarulhos, Sebastião Almeida, agradeceu o presente em nome da cidade: “O material que o Gilmar Pinna trouxe é apenas uma chapa de ferro e, para construir qualquer obra, ele corta a chapa e vai soldando pedacinho por pedacinho para formar essa bela imagem. A conciliação tem esse papel também porque, na vida, sozinhos não somos nada. Nós vamos juntando um pouquinho de um e um pouquinho do outro para que todo mundo possa dar sua colaboração para uma cidade melhor, um país melhor, um mundo melhor”.
O evento fez parte da programação da Semana Nacional da Conciliação e contou também com a presença das seguintes autoridades: juíza federal Luciana Ortiz Tavares Costa Zanonni, diretora adjunta do Foro da Seção Judiciária de São Paulo; juíza federal Isadora Segalla Afanasieff, coordenadora da Cecon São Paulo; juíza federal Ivana Barba Pacheco, diretora da Subseção Judiciária de Guarulhos; juiz federal Fabiano Carraro, assessor da Presidência do TRF3; presidente da OAB Guarulhos, Alexandre de Sá Domingues; diretor da OAB Guarulhos, Flávio Schoppan; presidente da Comissão de Integração dos Movimentos Sociais da OAB Guarulhos, Márcia Taschetti; juiz de direito Lincon Moura, diretor do Fórum de Guarulhos; secretário de Assuntos Jurídicos de Guarulhos, Jorge Luiz Carniti; coronel aviador Reginaldo Pontiroli, comandante da Base Aérea de São Paulo; tenente coronel Arantes, chefe do Estado Maior do C.P.A.M./7; tenente coronel Vanderlei Ramos, comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar; conselheiro Fábio de Souza Santos, da OAB/SP; procurador regional da Fazenda Nacional Diogo Signoretti; vereador eleito Acácio Portella; diretora da Faculdade de Direito FIG/Unimesp, Ossana Chememian; delegado da Receita Federal de Guarulhos, Paulo Marques de Macedo; subprocurador regional da República Marco Aurélio Bezerra Verderamis; conciliadora Shirley Rosselto de Alencar; professor Tadeu Correa Conselheiro, do Conselho Regional de Educação Física do Estado de São Paulo; consultor jurídico Daniel Assis, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-SP); assistente social Regina Spineli Moura, da Gru Airport; o Diretor de Responsabilidade Social da GRU Airport, Carlos Melo; Antonio Marcos, representando o prefeito eleito de Guarulhos, Guti; supervisor jurídico Edmilson José da Silva, do Conselho Regional de Química da IV Região; gerente do Sebrae Guarulhos, Marcelo Paranzini; delegado regional do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Guarulhos (Creci), Donizete de Araújo Branco; e juízes federais de Guarulhos Etiene Coelho Martins, Rogerio Volpatti Pollezze, Luciana Jacó Braga e Carolline Scofield.
Clique aqui para acesssar.